quarta-feira, 10 de junho de 2009

Conto: "Viva Deus e ninguém mais"

"Viva Deus e ninguém mais!"


Era uma vez um casal de velhos muito unidos e religiosos. O velho, que era pescador, só falava dizendo um versinho assim:

Viva Deus e ninguém mais,
Quando Deus não quer,
No mundo nada se faz!

Tanto dizia que acabou chegando aos ouvidos do rei, que era orgulhoso por demais. Aborreceu-se muito e mandou chamar o velho pescador. Este, logo subindo a escadaria, e mesmo na presença dele, foi dizendo o versinho:
Viva Deus e ninguém mais,
Quando Deus não quer,
No mundo nada se faz!
Aí é que o rei ficava furioso com aquele atrevimento. Deu ao pescador um anel muito precioso e disse que voltasse quinze dias depois, trazendo a jóia.
O pescador entregou o anel à mulher, recomendando muito e continuou na sua vida ao mar. O rei mandou um criado de confiança comprar o anel. A velha não queria vender, mas o criado tanto dinheiro ofereceu que a velha ficou tonta e vendeu o anel. O criado entregou o anel ao rei e este, por segurança, atirou-o ao mar.
Quando o velho voltou e achou tanto dinheiro em casa e soube da verdade, botou as mãos na cabeça, vendo que estava morto. Não deixou de ir pescar na madrugada e, logo no primeiro lanço de tarrafa, trouxe um peixe grande e gordo que ele separou para sua ceia. Voltando, vendeu os peixes e mandou preparar o tal peixe.
Assim que a velha abriu a barriga do peixe encontrou o anel. Levou-o ao marido que não tinha deixado de dizer o seu "Viva Deus e ninguém mais..."
No dia marcado o pescador subiu as escadas do palácio e quando o rei pediu a jóia, o velho a entregou, limpinha como a tinha recebido. O rei ficou assombrado e disse:
- "O senhor tem toda a razão. Viva Deus e ninguém mais, quando Deus não quer, no mundo nada se faz".
Deu-lhe muito dinheiro e despediu-o.
O velho voltou e morreu com mais de cem anos, sempre cantando o verso:

Viva Deus e ninguém mais,
Quando Deus não quer,
No mundo nada se faz!
***
Contado por Clotilde Caridade Gomes – Natal/RN, registrado por Luís da Câmara Cascudo, em "Contos tradicionais do Brasil".

4 comentários:

  1. Nossa, ouvi esta história há muito tempo e nunca me esqueci desta frase, é ela que me move, que me faz ter esperanças e ter a certeza que Deus é tudo, que se for pra ser será, que ele tudo resolve, tudo conforta e é tudo em nossa vida!!! Viva a Deus e somente a ele...

    ResponderExcluir
  2. Que história linda Gabinha!!
    Temos que pensar sempre isso mesmo!!
    Beijos
    Te amo

    ResponderExcluir
  3. Respostas
    1. Oi, Cindy! Que bom que você gostou! Eu também adoro essa estória :)

      Excluir

Ouça a estória "O galo rouco e o rato esperto", da Cigana Contadora de Estórias!

Quer saber quando tem estória nova no blog?

Apresentações de contadores de estórias

Palavra Cantada - O rato
Clara Haddad - O coelho e o baobá

Cia Ópera na Mala - A sopa de pedras do Pedro

Cia Ópera na Mala - Pedro Malazartes e o pássaro raro

Eventos & Cursos

A atualizar