segunda-feira, 6 de julho de 2009

Conto: "O nariz do elefante"

Ouvi essa estorinha contada por Ilana Kaplan no dvd "Lá vem história", uma série da TV Cultura, que foi ao ar entre 1995 e 1996, com a participação também da Bia Bedran. O dvd é comercializado pela Cultura Marcas e é muito interessante, traz 20 estorinhas do folclore mundial. Vale ter em casa, até como material de aprendizado para o contador de estórias.

A Ilana é uma atriz gaúcha, que usa recursos simples para contar as estorinhas, como essa do elefantinho, onde ela lança mão de artigos de escritório, como um porta-durex para ser o elefantinho, um grampeador para ser o crocodilo, um furador para ser o amigo, etc.

O nariz do elefantinho

Há muito, muito tempo, os elefantes tinham o nariz pouco maior do que um sapato. Até que um pequeno elefante, muito curioso, resolveu começar a fazer demasiadas perguntas.
Um dia, foi ter com a tia girafa e perguntou-lhe:
- Ó tia, porque tens um pescoço tão grande?
E a tia, de resposta, deu-lhe uma sapatada.
Depois o pequeno elefante foi ter com a tia avestruz e perguntou-lhe:
- Tia, porque tens plumas tão grandes na tua cauda?
Também esta lhe deu uma sapatada de resposta.
Mas a pergunta mais atrevida que o pequeno elefante fez foi no dia do grande encontro dos animais, quando, diante de todos, teve a audácia de perguntar:
- O que comem os crocodilos ao jantar?
A resposta foi a maior e mais sonora sapatada de sempre.
Triste e dolorido, o pequeno elefante foi refugiar-se junto ao seu primo, o passarinho.
- Meu amigo, por favor, sabes-me dizer o que comem os crocodilos ao jantar?, perguntou-lhe.
- Eu não sei, mas se fores ao rio esverdeado e lamacento, descobrirás!
O pequeno elefante levou consigo um farnel de bananas e melões e encaminhou-se para o rio.
Passados alguns dias, avistou o rio e, para o ver melhor, trepou para cima de uma coisa que lhe pareceu ser um tronco de árvore.
Só quando o tronco se mexeu é que percebeu que estava a pisar o dorso de um animal.
Logo, logo saiu dali e disse:
- Oh! Peço imensa desculpa! Por acaso já viu algum crocodilo? Sabe o que os crocodilos comem ao jantar?
O estranho animal era mesmo um crocodilo e não ficou nada contente por ter sido pisado, ou melhor, quase esmagado!
Por isso, respondeu:
- Venha para mais perto para eu te dizer ao ouvido o que comem os crocodilos!
O elefantinho, na sua inocência, chegou mais perto, e zaz! O crocodilo deu-lhe uma dentada no nariz.
- Ai, ai, ai! Estás me machucando!, choramingava o pequeno elefante. E para libertar o nariz começou a puxá-lo, enquanto o crocodilo puxava para o lado contrário. Assim, o nariz esticava cada vez mais.
Mais um esforço e... puf!, o pequeno elefante conseguiu finalmente libertar-se.
Mas o seu nariz tinha crescido muito. No início, ele morria de vergonha, mas, com o tempo, foi-se apercebendo que, com aquele nariz, podia fazer imensas coisas novas, como apanhar fruta dos ramos altos das árvores e beber sem se abaixar...
E o melhor é que servia para bater naqueles que o tratavam mal!
Voltou, então, para casa todo contente e sempre que alguém o gozava por causa do nariz levava uma boa sacudidela.
Foi assim que os outros elefantes, cheios de inveja, decidiram ir ao rio esverdeado e lamacento para esticar o nariz no crocodilo!

***
Fonte: Cool Kids

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ouça a estória "O galo rouco e o rato esperto", da Cigana Contadora de Estórias!

Quer saber quando tem estória nova no blog?

Apresentações de contadores de estórias

Palavra Cantada - O rato
Clara Haddad - O coelho e o baobá

Cia Ópera na Mala - A sopa de pedras do Pedro

Cia Ópera na Mala - Pedro Malazartes e o pássaro raro

Eventos & Cursos

A atualizar