quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Conto: O presente do pinheirinho

Achei essa estorinha quando buscava algo novo para contar para os meus filhos - another bedtime story. Eles adoraram e eu trago aqui para compartilhar uma versão misturada do conto publicado no site da Maria Helena Cruz - Contos de Fadas e no site Cantinho das Artes Manuais.




Quando o menino Jesus nasceu, todas as pessoas ficaram alegres. Crianças, homens e mulheres vinham vê-lo trazendo presentes, pobres ou ricos.
Perto do estábulo onde dormia o menino Jesus, num berço de palha, havia três árvores, uma palmeira, uma oliveira e um pinheirinho. Vendo aquela gente que ia e voltava, passando embaixo dos seus galhos, as três árvores quiseram também dar alguma coisa ao menino Jesus.
- Eu vou dar a minha maior palma, a mais bela para que ela abane docemente o bebê, disse a palmeira.
- Espremerei minhas olivas e lhe farei um óleo puríssimo e delicado para massagear seus pezinhos, disse a oliveira.
- E eu? Que posso dar? Perguntou o pinheirinho.
-  Ora essa! Você? Você não tem nada a dar ao menino. - disseram as duas primeiras árvores. - Seus espinhos só iriam ferir a delicada pele da criança.
O pinheirinho ficou muito triste, pois sabia que as outras diziam a verdade, mas ele também queria muito dar um presente ao menino e se pôs a chorar.
Um anjo que estava ali perto escutou a conversa e teve pena do pinheirinho, tão humilde, tão sincero em seu desejo de presentear o menino Jesus e tão triste por não ter nada de bom para oferecer.
Lá no céu, as estrelinhas começaram a brilhar. O lindo anjinho olhou para o alto e chamou-as. No mesmo instante, elas desceram, com boa vontade, e foram colocar-se sobre os ramos do modesto pinheirinho, que ficou todo iluminado.
Lá no bercinho, dentro do estábulo, os olhos do menino Jesus brilharam contentes ao ver aquela árvore tão linda. E assim, até hoje, as pessoas gostam de enfeitar o pinheirinho com luzes e brilho para a noite de Natal.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ouça a estória "O galo rouco e o rato esperto", da Cigana Contadora de Estórias!

Quer saber quando tem estória nova no blog?

Apresentações de contadores de estórias

Palavra Cantada - O rato
Clara Haddad - O coelho e o baobá

Cia Ópera na Mala - A sopa de pedras do Pedro

Cia Ópera na Mala - Pedro Malazartes e o pássaro raro

Eventos & Cursos

A atualizar